Após barco afundar, crianças são encontradas agarradas ao corpo da mãe: 'MILAGRE'

Infelizmente, uma viagem à ilha La Tortuga organizada pela família não terminou bem depois de um naufrágio no mar e antes mesmo de chegar à ilha. Havia 9 pessoas a bordo, no entanto, apenas três sobreviveram.

A mãe de 40 anos, Mariely Chacon, conseguiu salvar seus dois filhos pequenos. Durante os quatro dias que passaram no naufrágio, ela cuidou de José David e Maria Beatrice Chacon.

Os dois sobrevivente e mais uma babá flutuavam em uma pequena embarcação que estava dentro do barco maior, acompanhado com os outros naufrágios.

Noticia

Duas crianças foram resgatadas depois de serem encontradas agarradas à mãe morta – que salvou suas vidas bebendo sua própria urina para que pudesse amamentá-las depois que saíram para o mar.

Mariely Chacón estava a bordo do barco Thor em 3 de setembro com seu filho de 6 anos e a filha de 2 anos, seu marido e sua babá, para um cruzeiro de prazer no Caribe quando ocorreu o desastre.

Durante uma viagem à desabitada Ilha Tortuga, uma onda atingiu o barco e quebrou seu casco.

O grupo foi então dividido e passou quatro dias à deriva em um barco salva-vidas sob o sol quente, relatou o New York Post.

Durante um cruzeiro, uma onda rasgou o casco do barco e forçou uma família a sobreviver nos botes salva-vidas. Foto / Marítimo Nacional da Venezuela Durante um cruzeiro, uma onda rasgou o casco do barco e forçou uma família a sobreviver nos botes salva-vidas. Foto / Marítimo Nacional da Venezuela Segundo o relatório, a mãe venezuelana decidiu que a única maneira de manter seus filhos vivos era beber sua própria urina, o que lhe permitiu amamentá-los durante sua provação de quatro dias.

Depois de quatro dias, a equipe de resgate finalmente descobriu os sobreviventes, incluindo as crianças e a babá.

A babá foi encontrada agachada em uma geladeira vazia para escapar das altas temperaturas.

As equipes de resgate encontraram as crianças agarradas ao corpo da mãe.

Eles foram tratados para desidratação e queimaduras de primeiro grau.

As outras cinco pessoas a bordo do navio, incluindo o pai, não foram encontradas de acordo com a Newsweek.

Chacón sofreu falência de órgãos devido à depleção de eletrólitos causada pela desidratação, que foi possivelmente acelerada por sua amamentação, disse uma fonte da medicina legal ao La República, segundo a revista.

“A mãe que morreu mantinha seus filhos vivos amamentando-os e bebendo sua própria urina”, disse um porta-voz da Autoridade Marítima Nacional da Venezuela, INEA.

“Ela morreu três ou quatro horas antes do resgate da desidratação, depois de não beber água por três dias.”

O funeral de Chacón foi transmitido no YouTube.

Milhares prestaram homenagem a seu ato heróico que salvou seus dois filhos.

“A Virgem de Coromoto está assistindo Mariely Chacón Marroquin em Caracas. Descanse em paz”, tuitou a jornalista Laura Castellanos em espanhol, informou a Newsweek.

Outro usuário escreveu: “Não tive o privilégio de te conhecer. Seus últimos dias de vida falam muito sobre o que estava em seu lindo coração, você é um ser de luz na eternidade”.

Compartilhe isso:

TV MRNews Não perca também:

Fonte: mrnews.com.br/index.php/2021/09/26/apos-barco-afundar-criancas-sao-encontradas-agarradas-ao-corpo-da-mae-milagre

                   
%d blogueiros gostam disto: