Esportes
Trending

Os cinco principais nocautes do UFC que vão te fazer estremecer

Conforme você olha as principais dicas de apostas para hoje, temos certeza de que notará que as apostas estão começando a aparecer para os próximos eventos do UFC. E, se você não está familiarizado com o esporte, então por que não se informa sobre alguns dos maiores nocautes que já aconteceram, para entrar no espírito de luta! Esteja pronto para analisar seus movimentos e aprender o que é preciso para ser um vencedor!

Continue lendo e se prepare para estremecer enquanto olhamos para os nocautes mais brutais da história do UFC.

Silva x Belfort

No UFC 126, um dos nocautes mais recentes da lista, vimos o brasileiro Anderson Silva lançar um chute frontal feroz na cabeça do compatriota Vitor Belfort, na defesa de seu título. A multidão gritou quando Belfort foi ao chão, incapaz de se recuperar do tremendo golpe, com Anderson Silva acertando mais alguns socos para finalizar. Muito exibido!

Silva x Jardine

Wanderlei Silva enfrentou o agora ator Keith Jardine no UFC 84 em 2008. Em 36 segundos de movimentação ao redor do ringue, Wanderlei acertou uma série implacável de socos no rosto de Jardine, desarmando completamente o oponente. Jardine caiu no chão e o resto era história. Este nocaute impressionante rendeu a Wanderlei o prêmio de “Nocaute da Noite”, bem como de “Nocaute do Ano” – muito compreensivo!

Jackson x Silva

Após sua vitória, Wanderlei Silva foi alertado pelo próprio Quinton Ramone “Rampage” Jackson dos EUA. Rampage Jackson, como é mais conhecido, chegou ao UFC 92 com uma fome indomável no estomago, tendo sido nocauteado duas vezes por ninguém menos que o próprio Wanderlei. Jackson saiu vitorioso na terceira luta da dupla, acertando Wanderlei várias vezes na mandíbula antes que o brasileiro finalmente caísse derrotado. Jackson continuou acertando socos até que finalmente foi puxado para longe e foi declarado o vencedor.

Marquardt x Maia

Nate Marquardt realmente mostrou ao público como se deve fazer quando lançou um golpe vitorioso sobre Demian Maia no UFC 102. Maia se aproximou de seu oponente e tentou acertar seu primeiro golpe com algum tipo de salto; no entanto, parecia que Marquardt não teria um único segundo quando interceptou seu oponente antes que o pé de Maia mal tivesse saído do chão. Ele acertou o lutador mais velho com um único golpe no rosto – Maia caindo para trás instantaneamente e rolando de costas. Marquardt ficou ao lado dele e parecia pronto para atacar, mas ele decidiu mostrar misericórdia, afastando-se e aproveitando o momento como um campeão.

Harris x Branch

O último nocaute que gostaríamos de revisitar é do UFC 116, onde Gerald Harris eliminou David Branch em um nocaute bastante atlético. Brach tentou levar a melhor saltando e envolvendo seus braços e pernas em torno de Harris, tentando puxar a guarda e fazer seu oponente sucumbir a uma posição vulnerável. No entanto, Harris provou ser esperto quanto a esse ataque, e empurrou a cabeça de Branch para longe, jogando o outro lutador na tela. A cabeça de Branch bateu no chão, nocauteando-o. Harris acabou ganhando o “Nocaute da Noite” por esse feito, pela segunda vez em três lutas.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close