Lives
Trending

LIVES DE HOJE: Gusttavo Lima, LUDMILLA, Chitãozinho e Xororó, Anavitória e mais, veja os horários e como assistir

Hoje é dia de Live do Gusttavo Lima. E não para por aí, outros importantes artistas farão nova live hoje. Por exemplo,  Ludmilla que já tinha uma live agendada para a última semana, mas acabou não acontecendo por motivos de saúde, acontecerá também hoje.

Outra a fazer nova live é a Pabllo Vittar. Completando uma agenda extensa de apresentações virtuais, também tem hoje Anavitória e  Chitãozinho e Xororó, que fará sua terceira apresentação virtual. Confira a seguir o link de cada uma das apresentações, LIVES de HOJE, sexta-feira (22).

Não perca aqui no MAis Alma, em parceria com o portal MRNews, todas as lives da semana.

  • Emicida e Tulipa Ruiz (#HomeHourPoploadFestival) – 19h – Link
  • Thaíde (Em Casa com Sesc) – 19h – Link
  • João Bosco e Vinicius – 20h – Link
  • Noisey Night In: Phoebe Bridgers, Finneas, Claud, Alex Lahey, Beach Bunny e Faye Webster – 21h – Link
  • Supla (Cultura em Casa) – 21h30 – Link

Artistas perdem público e lives podem estar ameaçadas

A verdade é que o negócio de lives funciona assim: o artista não ganha muito dinheiro da plataforma de exibição. A remuneração ‘pesada’ do artista vem dos diversos patrocinadores que ficam na tela e nos diversos elementos decorativos no palco de apresentação do artista.

Por conta disto e para tornar a ferramenta ainda mais útil, os artistas, junto com seus patrocinadores ainda definiram as lives (ao menos as principais) como ‘solidárias’ e conseguem arrecadar toneladas de alimentos, além de dinheiro para àqueles que mais precisam.

Mas, live vive de patrocínio e o patrocínio depende de quanta gente assiste o conteúdo. Quanto menos gente, menores os patrocínios e menos atrativo fica o negócio. Claro que as lives não irão acabar, mas o volume de shows deve ser reduzido.

A ver, esta semana, por exemplo, final de maio, poucas foram as lives de artistas renomados, sertanejos, populares, sambistas, pagodeiros. Claro que as datas influenciam, meio de semana pode não ser muito atrativo, mas a ferramenta parece mesmo ter perdido força.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close